Rompimento de barragem impacta mais de duas mil pessoas em Jati (CE) Segunda, 24 de agosto de 2020.

MDR divulgacaoO rompimento da barragem em Jati (CE), no interior do Ceará, na última sexta-feira, 21 de agosto, impactou mais de duas mil pessoas, que foram evacuadas de suas residências no raio de dois quilômetros do reservatório, por segurança. Parte do Projeto de Integração do Rio São Francisco, a barragem não teve danos estruturais e os reparos já estão em andamento.

A tubulação rompida recebe água da transposição do Rio São Francisco e armazena para consumo humano. Segundo informações da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil e da Agência Nacional de Águas (ANA), as comportas de barragem foram fechadas para que os reparos dos danos sejam efetivados. Por meio de nota, o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) informou que o vazamento foi contido em poucas horas, mas a evacuação faz parte das medida previstas no Plano de Ação Emergencial (PAE).

Equipes da ANA e do MDR estão no local auxiliando as defesas civis estadual e municipal na avaliação de danos e prejuízos causados pelo rompimento. A defesa civil de Jati informou que a prefeitura irá decretar situação de emergência.

Brumadinho
A área de Defesa Civil da Confederação Nacional de Municípios (CNM) aponta o material da Barragem de Jati e lembra do rompimento da barragem de Brumadinho (MG). Ocorrido no dia 25 de janeiro de 2019, o rompimento da barragem 1 do complexo da Mina do Feijão, na região metropolitana de Belo Horizonte, provocou derramamento de lama com 13 milhões de m³ de rejeitos de minério. Várias comunidades próximas foram afetadas, inclusive o Rio Paraopeba da Bacia do Rio São Francisco.

A Defesa Civil do Estado de Minas Gerais divulgou nesta segunda-feira, 24 de agosto, que 259 pessoas faleceram em decorrência do rompimento e 11 permanecem desaparecidas. Em Jati, felizmente, não houve feridos, mas o rompimento da barragem gerou pânico entre os moradores que moram nas proximidades da barragem.

Estudo CNM
Ano passado, a CNM lançou o estudo Segurança das Barragens Brasileiras com dados importantes sobre segurança das barragens espalhadas por todo país com base nos Relatórios de Segurança de Barragens em 2016 e 2017 elaborados e divulgados pela ANA. 

Da Agência CNM de Notícias

Imagem: MDR/Divulgação

Voltar